BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

terça-feira, 6 de julho de 2010

ACADEMIA FEMININA DE LETRAS DO RIO GRANDE DO NORTE


ACADEMIA FEMININA DE LETRAS DO RN,foi criada em 22 abril de 2000 pela digníssima escritora, poeta e pesquisadora ZELMA BEZERRA FURTADO DE MEDEIROS,cuja instituição foi fundada pelo esforço pessoal da fundadora, a qual foi a primeira e atual presidente da academia, estando no comando da mesma há mais de dez anos. Ela foi reeleita em 18 de abril de 2008. O endereço da Academia é na própria residência de dona Zelma Bezerra, onde funciona também o MEMORIAL DA MULHER NORTE-RIO-GRANDENSE, à Rua das Tulipas, bairro Mirassol, Natal-RN

mais

mais

segunda-feira, 5 de julho de 2010

ZELMA BEZERRA FURTADO DE MEDEIROS - FUNDADORA E 1ª PRESIDENTE, EM 22/04/2000 E REELEITA EM 18/04/2008


ZELMA BEZERRA FURTADO DE MEDEIROS, no dia 22 de abril de 2000, criou a ACADEMIA FEMININA DE LETRAS DO RIO GRANDE DO NORTE pedagoga e escritora que fundou a Academia Feminina de Letras do Rio Grande do Norte, a qual tem sido modelo para a fundação de outras academias femininas pelo Brasil afora. Zelma recebeu do Senado Federal, a requerimento do Senador Arthur Virgilio, voto de aplauso “pelo trabalho cultural que vem desenvolvendo naquele Estado” e o reconhecimento como órgão de utilidade pública, titulo concedido por nossa Assembléia Legislativa, dentre outras homenagens.
Agora, surpreendentemente, nos brinda com o MEMORIAL DA MULHER (primeiro e único no mundo do gênero) que reúne em um anexo a sua residência, todo o acervo coletado durante mais de uma década de pesquisas sobre as mulheres do Rio Grande do Norte, do Brasil e do mundo, que fizeram história, cada uma do seu jeito e no seu tempo quebraram tabus, reviraram costumes e abriram caminhos para muitas conquistas da mulher brasileira e, ora, habilmente, fazendo-as vivas para nosso convívio neste século XXI de novidades, mutações aceleradas e invenções, trouxe-as para nosso tempo, para o encontro com aqueles que não as conheceram e para o reencontro com aqueles que tiveram o prazer de com elas privar.
Nessa viajem arquicentenária, Zelma, mulher audaz, irrequieta, buliçosa, decidida, capaz, lutadora, empreendedora, esmiuçadora, encarna uma a uma, nossas mulheres, arrancando-lhes a alma, desnudando-as, enfeitando-as para esta festa cultural.
Zelma é considerada como o mandacaru que embeleza nosso sertão de terra rachada e sobrevive as intempéries, surpreendendo-nos, sempre, com uma nova flor. Assim é você, Zelma, presente, em cada página da história da mulher potiguar.

MARIA VILMACI VIANA DOS SANTOS

MARIA VILMACI VIANA DOS SANTOS,
natural de Apodi, nascida a 17 de maio de 1962, filha do prefeito Valdemiro Pedro Viana e Maria Fernandes de Souza. Graduada em educação artística pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, pós-graduada em educação especial pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Belo Horizonte/MG. Ex-secretária de Cultura do Estado de Rondônia. Fundadora e Ex-presidente da Associação dos Artistas Portadores de Deficiência do Estado de Rondônia. Ex-assessora da presidência do IPERON – Instituto de Presidência do Estado de Rondônia. Na área cultural produziu em banners exposição da memória de Apodi e o memorial Valdemiro Pedro Viana. É autora de dois livros: TRAJETÓRIA POLÍTICAS: Izauro e Valdemiro” , com a participação de seu irmão ANTÔNIO VIANA DE SOUZA, coleção Mossoroense, 1997 e “PAISAGENS FEMININAS DE APODI”, Coleção Mossoroense, maio de 2005 e lançado na Casa de Cultura de Apodi no dia 22 de junho de 2006. Membro da Academia Apodiense de Letras, Cadeira 24, que tem como patrono, sua tia, a primeira vereadora apodiense RAIMUNDA DANTAS, natural de Apodi, nascida em 3 de agosto de 1911 e faleceu em 6 de março de 1988

mais

mais

MAIS

MAIS

CLEVANE PESSOA DE ARAÚJO LOPES

Nasceu em 16 de julho de 1947, filha de Lourival Pessoa da Silva e Terezinha do Menino Jesus da Silva. Escreve e l~e dese os três anos.O primeiro poema, aos nove.

Embaixadora universal da paz (Cercle Univ.de Les Embassadeurs de la Paix-Genebra, Suiça), poeta Honoris Causa pelo CBLP,para oito países Lusófonos, Patroness da AVSPE, Diretora Regional do inBrasCi (Instituto d Culturas Intrnacionais/Medalha de Mérito )em Belo Horizonte .Integra a Rede Catitu Cultural no Núcleo de Entrevistas, e faz revisões de projetos na mesma .Clevane Pessoa de Araújo Lopes é nordestina de S.José de Mipibu, RN, mora em Minas Gerais desde a infância, tendo retornado à capital mineira depois de dez anos no NE (S.Luiz, Maranhão) e N ( Belém,Pará).

Aos dezesseis/dezessete anos, foi a redatora chefe de Voz das Mil, jornal Literário do Colégio sagrado Coração de Jesus.Sua primeira resenha foi publicada na Revista da Presidência, em 1964. Depois, escreveu em jornais por onde passou.

É psicóloga, tendo estudado no CES em Juiz de Fora até ao oitavo período.Por motivo de enlace, com o engenheiro civil Eduardo Lopes da Silva, mudou-se para Belo Horizonte e concluiu o curso na FUMEC.

Escreve desde a infância e poesia a partir dos dez anos de idade.Palestrista, oficineira, em temas literários ou de psicologia, é desenhista e gosta da beleza-em todas as suas fontes vertentes. Cônsul Poeta Del Mundo, Embaixadora Universal da Paz (Cercle Univ.de Les Ambassadeurs de la Paix-Genebra, Suiça) ; Poeta Honoris Causa pelo CBLP,para oito países Lusófonos , Patroness da AVSPE ; Diretora regional do inBrasCi (Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais) em Belo Horizonte,integra a rede Catitu” na “Núcleo de Entrevistas Clevane Pessoa entre Pessoas,é Representante do Movimento Cultural aBrace (Uruguai Brasil), na capital mineira e é Delegada da ALPAS XXI por MG e Bahia. Presidiu, a convite do fundador da UBT , Luiz Otávio, a seção de Juiz de fora, MG, nos Anos 60, onde também foi empossada no NUME, Núcleo Mineiro de Escritores, após receber seu primeiro prêmio Literário (primeiro lugar de crônica, Troféu Domervilly Nóbrega, ) Pertence à Academia de Trovas do RN desde 1968 e a outras Academias Literárias , na qualidade de Membro Correspondente (*).

Até aposentar-se, trabalhou na Casa da Crinaça e do Adolescente do HJK, que fundou e coordenou (SAISCA-Serviço de Atendimento Integral ao Adolescente, seu projeto criado em S.Luiz Maranhão , encampado pelo Ministério da Saúde, tornado OS a posteriori) e levado a Belém , Pará, de 1996 a 1990, quando retornou a BH/MG).Esse projeto, alcança Poesia e Artes, crianças, adolescentes e família, além de atendimento à saúde.

Em 1993, participa intensamente, pelo HJK, com a seção de Psicologia, da organização do Congresso Internacional L’espoir sem Frontiers(Esperança Sem Fronteiras).No evento, desenvolveu uma oficina sobre família e participou de mesas.

Representou a então Deputada Estadual Elaine Matozinho, proferindo palestra no tema, do Simpósio sobre Adoção Internacional (Lions/Rotary ), discorrendo sobre sua experiência profissional sobre as relações Mãe/filhos e sua consequências.

Nos anos 90,discorreu em temas livres de congressos, sobre adolescência, família, mulher, sexualidade (resumos nos anais dos congressos), realizou trabalhos e oficinas, com idosos, adolescentes, crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais, diabéticos, cardiopatas, obesos , educadores.Desenvolveu, na casa Abrigo sempre Viva, um trabalho de recuperação da autoestima ,com mulheres vitimizadas e /ou ameaçadas de morte,com seus filhos, em endereço secreto, então, a convite da delegada da Mulher (Dra Elaine Matozinhos-Delegacia especializada em Crimes Contra a Mulher)

Foi redatora no Jornais Gazeta Comercial (Coluna “Clevane Comenta”, cadernos de domingo “Ribalta Lítero-Artística”, gente, Letras e Artes, esta em co-edição com Messias da Rocha) .Foi co-proprietária e editora de Artes e Literatura do tablóide URGENTE.Publicou poemas , crônicas e artigos em vaios jornais.Foi editora da página “Mulher”, no Jorna Visconde de Rio Branco.participou das nas revistas “Tamaulipas”, de Tampico, México, Anos 60) “O LINCE”-Juiz de Fora,”Estalo, a revista”, em Belo Horizonte, escreveu a convite, ensaio sobre a dança no Caderno de Dança da Companhia de Dança Contemporânea,de Évora, Portugal.Escreve na revista literária do aBrace, do qual é representante.Tem ainda poemas nas revistas contemporâneas Guatá, Caderno Literário da editora Pragmatha, do Mural dos Escritores(virtual)

Tem artigos científicos em co participação no Jornal de Pediatria e outros.

Atualmente, em 2010, está na revista LOGOS, a convite do Editor KIKO KONSULIN(S.Luiz-MA), com poemas (no prelo)

No jornal da TV Bandeirantes (BAND/MG), foi comentarista de comportamento.Âncoras:Fernando e Paulo.participou, como entrevistada, em vários programas de Tv e rádio

Foi responsável pelo tema Metodologia Participativa com Crianças e Adolescentes, na aula inaugural do projeto Vida, Saúde Alegria, (CECIP/KELLOG) , pela revisão dos manuais, e responsável pela gravação de 48 horas de oficina com adolescentes, cuja fala foi transformada em esquetes teatrais para vídeos-Rio de Janeiro, 1993, distribuídos em kitspara os educadores.

No VI Congresso de adolescência (BH/MG)_, teve seu jogral Adolescendo Adolescer, no bojo do espetáculo BOLA DE CRISTAL, da maestrina Volga-S.Luiz/MA,trazido em sua homenagem.No mesmo, teve seis temas livres sobre incesto e estupro(palestra), pichação, mães adolescentes, etc, e secretariou mesas.

Foi coordenadora, com a Dra Maria da Conceição de Oliveira Costa , do projeto Saúde em Comunidade , no projeto Emaús, em Belém , Pará, nos Anos 90 e Liderança e Protagonismo na Adolescência.

É co-autora , no compêndio Adolescência, Aspectos Clínicos e Psicossociais (Edit.ARTE MED-RS), coordenado pelos Drs Maria da conceição de Oliveira Costa (BA) e Ronald Pagnocelli(RS) ,nos capítulos de Sexualidade e Educação Sexual do Adolescente.

Em 08 de março de 2002, recebeu placa da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais, na qualidade de “Presença feminina nos mais diversos ramos de atividade/ promessa de um mundo melhor”)

Em 2004, participa com oficinas, do Seminário sobre Violência contra a criança e o adoelscente, pela OIT(Organização Internacional do trabalho), NEPPA(Núcleo de Pesquisa em Adolescência) e Universidade Estadual de Feira de Santana (BA), para oficiais-policiais rodoviários-profissionais de saúde, delegacia de polícia , estagiários,etc, a convite da Dra.Conceição de Oliveira Costa.

Recebe vários prêmios literários em certames.Em 2009, é primeiro lugar no Festival de Inverno Ouro Preto/Mariana, com o poema O Chão de Minha Terra.

Nos XXIII Jogos Florais do Algarve ,Portugal recebeu o Prêmio Ex-Aequo, primeiro lugar de conto livre, com o conto “O Labirinto Negro”, onde mostra o trabalho artesanal das labirinteiras nordestinas, em uma trama de amor.

Em maio 2009 , tomou posse na ALB( Academia de Letras do Brasil), quando foi homenageada, recebendo então, o título de “Doutora Honoris Causa em Filosofia Universal/PH.I-Filósofa Imortal “Honoris causa, em reconhecimento à sua Pordução Univérsica Filósofo /Literária de efeitos e repercussões internacionais “, pela CONALB (Conselho Nacional das Academias de Letras do Brasil e Academia de Letras do Brasil”, concedido pelo Presidente Dr.Mhário Carabajal.Na ABL/ Mariana(cidade primaz), ocupa a cadeira número 11, Jornalista Laís Corrêa de Araújo, fazendo parte dos doze primeiros acadêmicos empossados.

Em 2007, recebeu Troféu do Movimento Cultural aBrace (Brasil/Uruguai), pelos 50 anos de Poesia, quando fz preleção pela Poesia e Poetas, em Montevidéu e lançou seu livros de contos Mulheres de sal Água e Afins/Edit.Urbana);Em 2009, recebe o maior prêmio aBrace, o troféu criado pelo escultor uruguaio, Daniel Tabaré Gonella .Clevane Pessoa escreve na revista literária do MC aBrace e é sua representante na capital mineira.

Em 2007, no evento Poesia é Ouro , lança livro de contos e comemora os 50 anos de poeta-Centro Cultural Belo Horizonte-

Ainda em 2007, recebe a Medalha de Ouro do InBrasCi , diploma de mérito da entidade e da Aldrava Letras e Artes, na mesma data em que é agraciada com a maior honraria da Câmara municipal de Belo Horizonte,o Grande colar de Mérito, tendo sido patrono, Oscar Niemeyer...

Em 2008, a ONG Associação Arte Pela Paz, concede-lhe , em 25 de outubro, destaque e certificado “por sua contribuição na busca por uma Belo Horizonte mais justa e pacífica”

Em 2009, recebe, no mesmo “BH na PAZ”, mega evento, um troféu, pelo grupo Poetas Pela Poesia e Pela Paz, pelo evento anual que realizam, PAZ E POESIA.

Em 2009, realiza recital nas Terças Poéticas do Palácio das Artes(curadoria de Wilmar Silva/coop com o Suplemento Literáriode MG) e estará presente no livro anual do mesmo, a sair em julho 2010.

E, novembro de 2009, toma posse na Academia Feminina de Letras, AFEMIL, um ano depois de votada para a cadeira 05-Cecília Meireles, proferindo discurso sobre a Patrona.

Também em 2009, é convidada pela Associação Mineira de Imprensa para consultora de Artes.

Nos Anos 60/70,foi nomeada Delegada Ad Honoren," com todas as honras de representação distinguida", do Instituto de Cultura Americana,registro 5041-França, Paris, UNESCO, pela filial do Uruguai e da ARIEL (Associação de Livres Pensadores), pela filial de Portugal.Graças a esse dois últimos cargos, forneceu cartas de apresentação a artistas e poetas brasileiros,que dessa forma, escaparam da Ditadura Militar e puderam sair do País.

É mãe de Cleanton Alessandro (Allez Pessoa, contrabaixista e desenhista e Gabriel (massoterapeuta),viúva do Engenheiro Civil Eduardo Lopes da Silva, nascido em Natal, RN. Clevane Pessoa entre Pessoas,é Representante do Movimento Cultural aBrace (Uruguai Brasil), na capital mineira e é Delegada da ALPAS XXI por MG e Bahia.Pertence à Academia de Trovas do RN desde 1968 e a outras academias literárias , na qualidade de Membro

(*) Pertence , como Acadêmica Correspondente, por convite, à ADL (Academia Dorense de Letras),ÀANELCARTES(Neves, MG) depois de haver sido premiada em certames literários (Conto, Poesia moderna) e proferido conferência sobre Carlos Drummond de Andrade) em Boa Esperança-MG.À ALI (Academia de Letras de Itajubá,Sul de Minas, onde estudou, mas ainda não foi empossada ), à ALTO, (Academia de Letras de Teófilo Otoni- Norte de MG) ,à Academia Cachoeirense de Letras ; à ATRN-desde 1968 .
Pertence ainda à Associação dos Poetas Vivos e Afins (RN).

Em 2009, lança O Sono das Fadas e Erotíssima (selo catitu/Halt), na Bienal do livro do Rio de Janeiro.Editor:Poeta Marco Llobus/Rede Catitu e Cláudio Márcio Barbosa.

Ilustrou “Cem Trovas de Juiz de Fora(Concurso Rádio Industrial, programa Contraponto), premiação no Vice Consulado de Portugal, onde estudou Literatura Portuguesa cm Cleonice rainho.

Tem o Projeto POIETISA aprovado pela lei Municipal de Incentivo á Cultura de BH/MG, em parceria com LLobus-um livro álbum , de entrevistas, poemas e fotografias com mulheres poetas com mais de 50 anos.No prelo.
Revisa livros,faz resenhas, escreveu muitos prefácios e orelhas de livros.No momento, atualiza a antologia D”Versos, edição em prol do Alô Vida, coordenada por Cláudio Márcio Carbosa, para a qual, dez poetas doaram dez poemas.Seus retrartos, foram desenhados pelo premiado artista Wander Lara.
Mantém dez blogs de divulgação culturais, alguns específicos(por ex, para indígenas, para crianças, entrevistas,e tc)

É Representante da ALPAS XXI (RS).
É Vice Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL)-BH/MG
Na Internet, Acadêmica da AVBL (Academia Virtual Brasileira de Letras, Cadeira Lindolf Bell) e é Patroness da AVSPE (Academia Virtual sala dos Poetas e Escritores)
Pertence ainda ao VirArte do RS(Santa Maria) . Foi convidada pela Presidente Ieda Cavalleiro à CAPORI (Casa do Poeta RioGrandense do Sul), desde 2009.

Pertence ao MUNAP (Museu Nacional da Poesia)-pesquisadora e divulgadora.

No momento, sua mostra de desenhos e poemas, Graal Feminino Plural, está no centro Cultural S.Bernardo e em maio, estará no Centro Cultural Lagoa do Nado (Onde já fez v´paros recitais e oficina de trovas para crianças, a convit de Ricardo Evangelsta, coordenador dos saraus de poesia).A partir de março 2008, a mostra, com recital, vem circulando pelos centros culturais.A primeira porém, foi na galeria da Àrvore, espaço do MUNAP dentro do Parque Municipal Américo René Gianetti

É uma das poetas participantes da exposições da artista plástica Iara Abreu, com poemas no tema Aspectos Urbanos –que foi exposta várias vezes na capital mineira e convidada agora a apresentar-se em Portugal.

Livros publicados:

Poesia: Sombras Feitas de Luz (editora Plurarts);
Asas de Água (Editora Plurarts);
A Indiazinha e o Natal (Ed.Haruko);
Partes de Mim ( RGD Ed.)
Prosa: Mulheres de sal, Água e Afins – de Contos, em editora do Rio de Janeiro (Urbana) e Libergráfica Editora em Belo Horizonte.

Olhares, Teares,Saberes (selo edit.Popular-S.Luiz-MA)- lançado na Bienal do Livro/Rio
Erotíssima (Selo Catitu) -lançado na Bienal do do Livro /Rio

O Sono das Fadas(Selo Catitu),para crianças até 100 anos-Lançado na Bienal do Livro do Rio.

Nos Anos 80, na FUMEC, participou com poemas ilustrados e telas a óleo, da coletiva I Mostra de Arte da FUMEC-onde graduou-se em Psicologia .

Participou com 25 ilustrações, do “Original-Livro de Artistas”, do MUNAP(Museu Nacional da Poesia), no tema “A Forma do Pote vazio” .Coordenou o Projeto PP (Projeto Poesia no Pano)

Ilustrou, entre outros trabalhos :”Completa Ceia”-espetáculo Teatral de Rogerio Salgado (poemas), expo a bico de pena.Ilustrou ainda seu pp livro “Asas de Água e Mulheres de Sal, Água e Afins”.Ilustrou “Brincando de Representar”, de Virgilene Araújo(...)

Na Internet, mantém 19 (dezenove) e-books de ensaio, poesia, infantis, memórias etc. com download grátis e participa de várias antologias virtuais.

Alguns E-livros individuais :

Partes de Mim
Pássaros de Papel em Nuvens de Algodão (com José Geraldo Neres)
Nas Velas do Tempo(memórias de uma repórter na Ditadura)
História de Um pretinho.
Panapaná, Chuva de Trovas
Trovas, Pequenas Notáveis
Mix de Haikais e Poetrix
Orvalho (Haikais, sob o heterônomo HARUKO(Primavera em japonês)
Velhos Olhos, Novos Olhos
O fenômeno Literário Wilmar Silva (ensaio)
Com Olhos de Passarinho
Os Anjos de Milinha
O Sono das Fadas
Caminhares de Francesco (São Francisco de Assis
O Anjinho da Árvore

“Busco amigos verdadeiros, qual o mergulhador em águas profundas, busca a melhores ostras para achar a pérola.O que resta, pode ser lindo qual o abalon, o nácar,a madrepérola, mas jamais terá o mesmo valor” (Clevane Pessoa)

NOILDE RAMALHO PESSOA

Nascida na Cidade de Natal, RN, estudou no Instituto Brasil, Colégio Nossa Senhora das Neves, Escola Doméstica de Natal.
Formada em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com Curso de Especialização em Educação do Pré-Escolar, por esta mesma universidade.
Psicanalista Clínico, iniciando sua formação na Sociedade Psicanalítica Ortodoxa do Brasil, SPOB; Sociedade Psicanalítica da Paraíba (três anos de seminários), curso de três anos ministrado pelo Instituto Psicanalítico dessa mesma sociedade, curso Lato Sensu de Teoria Psicanalítica ministrado pelo Colégio Brasileiro de Psicanálise.
Curso de Introdução a Psicossomática, ministrado pela Sociedade Brasileira de Medicina Psicossomática, Regional Natal.
Membro e sócia fundadora da Academia Feminina de letras do Rio Grande do Norte, tendo ocupado os cargos de segunda secretária e vice-presidente, patrona, Clarisse de Palma; membro da Academia Virtual de Letras, patrona, Noilde Ramalho Pessoa; membro da Associação dos Jornalistas e Escritores do Brasil- AJEB; sócia fundadora da Sociedade Brasileira de Medicina Psicossomática, Regional Natal.


Funcionária aposentada da Câmara Municipal de Natal e da Secretaria Municipal de Educação. Atualmente trabalha em consultório psicanalítico e cursa Psicologia na Universidade Potiguar.
Escritora: poeta, contista, glosista. Dois livros publicados, Nas Asas da Imaginação e Repensando a Educação no Compasso da Poesia e participou de várias coletâneas

DILUNDA GARCIA

Diulinda Garcia é natural de São João do Sabugi. Formada em Letras pela UFRN, a escritora atuou como professora de Língua Portuguesa e Literatura em escolas da Rede Pública do Estado. Também atuou na Secretaria Municipal de Educação da capital como especialista em projetos educacionais e também como Chefe de Gabinete. Além da Academia Feminina de Letras, Diulinda é membro do Memorial da mulher e poeta participante da coletânea “Novos Poetas do Rio Grande do Norte”, da Fundação José Augusto. O primeiro livro da escritora, “Caminho do Invisível”, foi lançado em dezembro de 2006.
2º TRABALHO
Uma viagem por caminhos paralelos entre a existência concreta e a realidade abstrata. Essa é a proposta dos poemas da escritura Diulinda Garcia, presentes em seu segundo livro, “Abstração”, que será lançado hoje, às 19h, na livraria Siciliano do Midway Mall.

A autora pretende surpreender o leitor com sua abordagem poética moderna e atenta á contemporaneidade. A obra, prefaciada pelo membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, Valério Mesquita, é composta por mais de 50 poemas.

No contexto do livro, Diulinda varia as cores de sua paisagem poética, através de uma composição que expressa conflitos existenciais, o amor, os encontros e desencontros inerentes à condição humana, sem esquecer de pincelar as nuances que revelam suas preocupações com as desigualdades sociais e as negligências políticas. “Dessa forma eu busco surpreender o leitor em cada verso, em cada poema e, assim, o convido, gentilmente, a mudar o foco de seu olhar”, explica a escritora.

A poetisa se considera vigilante. Ela afirma que seus versos constituem uma porta de acesso à conscientização social, descortinando as janelas que ainda se encontram fechadas ao processo de inclusão das minorias. Nesse encontro silencioso com o leitor, em poemas como “Eu não vou desistir do meu país”, Diulinda questiona e denuncia uma realidade que se esconde ou mascara. “Insisto para que se derrubem as muralhas dos feudos políticos em evidência, que impedem a inclusão das minorias escondidas na periferia”, complementa a escritora. O livro “Abstração” revela impressões da própria vida. A autora borda as páginas de seu segundo título com suas vivências, emoções, experiências, sentimentos, valores e a própria leitura.

O psicólogo José Garcia Silva, responsável pela contracapa do livro, afirma que os versos da poetisa ora a revelam, ora a escondem, instigando o leitor a olhar através da janela indiscreta de sua vida interior tão rica e complexa. “Diulinda Garcia nos convida a nos distrair de forma reflexiva, emocionante e inteligente do cotidiano que nos concretiza”, expressa José.

“Abstração” conta também com orelha da pedagoga Zelma Bezerra Furtado, presidente da Academia Feminina de Letras do RN, da qual Diulinda também faz parte.

DAISY MARIA G. LEITE

A escritora, poetisa e compositora Daisy Maria Gonçalves Leite, nasceu no dia 25 de abril, na Rua do Triunfo 101, hoje, Rua 15 de Novembro, no tradicional bairro da Ribeira, “palco” do desenrolar de toda a história da família natalense, no Rio Grande do Norte

Segunda de onze filhos do casal Diomedes de Góes Leite, comerciante,um dos sócios proprietário do Bar A Cova da Onça, local de reunião de políticos e intelectuais, da época e a normalista Luiza Gonçalves Leite

Aluna do Colégio Nossa Senhora das Neves desde o pré-primário, aos 9 anos de idade era zeladora doa Obras das Vocações Sacerdotais. Aos 14 anos de idade, começou a freqüentar as matinés do clube social fundado por seu pai,tio e amigos,organizando eventos de sucesso como “Um ano dentro da noite” com os filhos dos diretores fazendo o show e no qual ao final da tarde soube da desistência de uma prima que tocaria dois números de bateria.Nervosa comunicou ao compositor Francisco Elion que na sua calma habitual disse : Você canta dois números e completa o show, vamos ensaiar.Assim, foi lançada como cantora por Chico Elion - compositor de Ranchinho de paia - e seu Conjunto Acayaca.

Nesta época fundou o fã clube do cantor Rinaldo Calheiros

Enfermeira, formada pela Escola de Enfermagem de Santos /SP , aceitou ainda recém formada, o convite do então governador Aluízio Alves para reorganizar o Hospital Infantil Dr. Varela Santiago/ 1963.

Em 1964, viajou para a Suécia em busca de novos conhecimentos sobre o choro infantil uma vez que no inicio da década de 60 a análise espectrográfica do choro já fazia parte da clinica pediátrica do Departamento de Pediatria do Hospital Karoliska, dirigido pelo Professor Jonh Lind, com quem manteve contato até seu falecimento em janeiro de 1983.

Teve oportunidade de trabalhar na Embaixada Brasileira,em Estocolomo/Suécia, com o embaixador Bastian Pinto..

Retornando ao Brasil em 1966, organizou o Hospital Geral de Santos/SP e de volta a Natal foi convidada pelo fundador e então reitor da UFRN Dr. Onofre Lopes para a Universidade.

Licenciada em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/ 1972

Ex-professora de Neonatologia da tradicional Escola Doméstica de Natal.

Criou em 1980, o Baby Home Ltda para pesquisas e estudos do choro infantil com o apoio administrativo do companheiro Plínio Centeno de Oliveira, sendo encerrado pelo falecimento deste em 1986.Com a equipe multiprofissional treinada na comunicação através do choro, onde funcionava seu consultório de puericultura.

Coordenadora Técnica da Clinica Pedagógica Prof Heitor Carrilho, campo de extensão da UFRN,no atendimento a criança excepcional onde teve a oportunidade de ampliar seus estúdios sobre choros anormais /1981/1986

Ex-presidenta fundadora da Academia Feminina de Letras do Rio Grande do Norte, é autora de 03 livros individuais de poesias: - “O Livro de Daisy” (1979) , com prefácio do escritor Luís da Câmara Cascudo; - “A Primavera Voltou” (1999), com prefácio do acadêmico norte-rio-grandense, Jurandir Navarro e “Fragmentos de Mim” (2002), prefaciado pelo acadêmico norte-rio-grandense e diretor do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, Énelio Lima Petrovich.

Participou de Coletâneas e revistas culturais em todo país, como “Poesia Brasileiras” (2001), pela Casa do Livro Editora. Com a crônica, “O mar e eu,” conquistou o primeiro lugar. no Concurso Nacional de Crônicas Ruy Favalli Bastide da SESMARIA Cultural de Dom Pedrito /RS em 30/09/2003.

Enfermeira Pediatra, apresentou à comissão julgadora da Universidade de São Paulo, a monografia: “O Choro do Lactente - Conhecimentos das Enfermeiras no Rio Grande do Norte “ (1979), recebendo a nota 10, com distinção e louvor, para obtenção do grau de Mestre, tornando-se pioneira no estudo do choro infantil no país; mereceu crônica de Dinah Silveira de Queiroz, para o Jornal do Povo/RS, na época, embaixatriz do Brasil, em Portugal, bem como destaque no programa “Fantástico , o Show da Vida” da TV Globo, revistas “ Veja” e “Isto é”. Em 1965, foi entrevistada na Rádio Suécia, no programa em português para Brasil, Portugal e Colônias, como enfermeira brasileira pesquisadora, do choro infantil. Desde então, tem dado entrevistas para a imprensa nacional escrita, falada. e televisionada.

Especialista em Deficiência Mental e Deficiência Auditiva, assumiu a subcoodenadoria de Educação Especial/ SEESP/, da Secretaria de Educação e Cultura/SEC do Rio Grande do Norte, a convite do então eleito governador Geraldo Melo / 1986

Livros publicados: “O choro do Lactente” (1979) e “O choro do Bebê “ (2003).

Referência do “Projeto Zero a Seis”, da Fundação Roberto Marinho - Rede Globo; - “A vida do Bebê” do Prof. Rinaldo De Lamare, 38º edição, Editora Bloch; - Programa Ensino Pré-escolar-TVU/UFRN (1982).

Homenagens:

Plaqueta de homenagem profissional “Os melhores da década “- Noite Classe-A-1979 Natal /RN

Plaqueta “A Associação de Pediatria do Rio Grande do Norte, pelos relevantes serviços prestados” - Tarcísio Gurgel - Presidente -Jan/1983/ - Natal/RN

Da Câmara de Vereadores do Natal- Semana da Enfermagem - Pelos 20 anos de exercício de Enfermagem no Rio Grande do Norte - Saudações do Vereador Nelson Freire 18/05/83.

Plaqueta de homenagem do Departamento de Enfermagem /UFRN-1991 como uma das seis fundadoras do Curso de Enfermagem, em 1974.

Da Câmara de Vereadores - Diploma de Honra ao Mérito, pelos relevantes serviços prestados à Comunidade Natalense, por ocasião do Dia Internacional da Mulher /1986; Presidente da Câmara Municipal: Edmilson Ferreira de Lima.

Plaqueta de agradecimento da Equipe de Educação Especial do Município de Areia Branca/RN, pela instalação do Centro de Educação Especial naquele município, .em 1987; Documentado no livro: “Resgate Histórico de Fatos e Vidas”, lançado nas festividades comemorativas dos 15 anos de instalação do Centro/nov/2002

Agraciada com a medalha do Mérito Carlos Drummond de Andrade, no I Encontro Nacional de Academias de Letras, em Caxambu/ MG - 2002.

Biografada no livro “Mulheres Especiais”, da escritora Anna Maria Cascudo Barreto.

Neta pelo lado materno de músico, poeta e compositor, lançou o CD “ CANTA PRA MIM”, boleros de sua autoria, interpretados pelo cantor paraense Émerson Vaughan. Produziu o livro: “Boleros de Daisy Etiel” /2002 (anagrama de Leite), com músicas, (boleros) cifrados para violão, e o livro “Song Book”,/2002 composições de Daisy Etiel, com letras cifradas e partituras É membro do Clube dos Amantes da Boa Musica /CLABOM/RN

Bacharela em Ciências Sociais e Jurídicas; e Diretora Secretária da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica/ Comissão do RN

Vice- presidenta fundadora da Sociedade Brasileira de Enfermeira(o)s Escritora(e)s/ e idealizadora do Centro de Referência do Choro Infantil Prof. Jonh Lind

Eleita tesoureiro dos Parters of American Comitê Rio Grande do Norte /Maine/2004

e-mail: daisym@ufrnet.com

site: www.daisyleite.com

ANNA MARIA CASCUDO BARRETO


Anna Maria Cascudo Barreto é filha de Luís da Câmara Cascudo e Dáhlia Freire Cascudo. Nasceu no famoso casarão da Junqueira Aires, hoje Avenida Câmara Cascudo, aonde o pai fez a maioria de sua obra gigantesca.

Jornalista, Procuradora de Justiça, sempre se destacou pelo pioneirismo: foi à primeira mulher a atuar no Júri da cidade do Natal, RN, quando segunda anista de Direito, na qualidade de Promotor Adjunto; redatora e apresentadora do primeiro programa de arte e cultura (Semanário`s) na TV-Universitária; desde treze anos assinava coluna feminina no Jornal “A República”.

Seguiu carreira no Ministério Publico e no jornalismo, com brilhantismo. Defendeu tese na Associação Brasileira de Criminologia, sendo examinada pessoalmente pelo seu Presidente, Professor Roberto Lyra, tornando-se “Doutora em Leis”. Publicou “Mulheres Especiais” (Global, SP) “O Colecionador de Crepúsculos” (Gráfica do Senado Federal, DF) “Neblina na Vidraça” (Global, SP), além de Ensaios de Abertura e prefácios em 16 livros de autores nacionais; participou de 8 Antologias, sendo a mais recente “Nós Mulheres 4”, da Academia Brasileira de Arte, História e Cultura, SP e “Sinfonia de Cristal” lançado no Cobana, Clube dos Oficiais da Marinha, por ocasião da entrega das Medalhas de “Amigos da Marinha”.
Enfocava a história da Banda Sinfônica dos Fuzileiros Navais, a história da Marinha no Estado, resumo da história da Cidade do Natal, e comentário filosófico sobre as relações diferenciadas dos militares que aqui servem com os potiguares.
Uma das fundadoras da Academia Feminina de Letras (abril de 2000) eleita em abril de 2005 para a Academia Norte-Riograndense de Letras (Cadeira número 13, anteriormente ocupada por Oriano de Almeida e Luis da Câmara Cascudo) pertence ao Instituto Histórico e Geográfico do RN, desde 1987; é Doutora em Leis pela Sociedade Brasileira de Criminologia (RJ) Grau de Comendadora e Membro do Conselho na Academia Brasileira de Arte, Cultura e História (SP), - fundada pelos escritores Luís da Câmara Cascudo e Dante de Laytano (RS), cuja sede é na Casa da Fazenda do Morumbi – (posse em julho de 2005); em agosto de 2006 empossada na Academia Paulista de Letras, como Sócia correspondente, além do Instituto Biográfico Brasileiro, única nordestina aceita.

Tomou posse, em belíssimo cerimonial, levada ao recinto pelos acadêmicos José Mindlin, Ligia Fagundes Telles e Fábio Lucas, saudada pelo Príncipe dos Poetas Brasileiros, Paulo Bonfim, na Academia Paulista, no dia 14-junho-2006, prestigiada com a presença de 28 imortais. Antes, a cadeira tinha sido ocupada por Luís da C. Cascudo e pelo poeta Augusto Severo Neto.
Em março de 2007, mais um reconhecimento dos seus méritos: eleita um dos quarenta fundadores da Academia de Letras Jurídicas do Rio Grande do Norte, pela sua brilhante carreira na literatura e no Ministério Público.

Recebeu também Medalha do Pacificador, Ministério do Exército Brasileiro, em 25 de agosto de 2006.
Destaque Cultural do Nordeste, pelo Estado de Minas Gerais, ainda em julho de 2007.

Em outubro de 2007, foi agraciada com a condecoração de “Alta Distinção” da Ordem do Mérito Judiciário Militar. Em 2008 o recebimento da “Águia Azul”, da Escola de Samba Nênê de Vila Matilde, que há cinqüenta e nove anos demarca com cultura o carnaval paulista.
Em 15 de março de 2009, distinguida como uma das “Cinqüenta Mulheres Notáveis do Brasil’, pela Associação de Imprensa de Minas Gerais, recebeu em Itabira (MG) o Troféu “Cecília Meirelles.” Representou as Mulheres do Nordeste do Brasil.
Uma das suas alegrias, ter sido fundadora e pertencer a Diretoria da União Brasileira de Escritores/RN, pertencendo a sua Diretoria.
Em 2 de julho de 2008, foi Presidente de Honra do 44º FESTIVAL DE FOLCLORE, na Cidade de Olímpia, SP. Fez a abertura e Conferência diante de 42.000 pessoas. Na qualidade de Chanceler do Grande Colar e Medalha Cultural Luis da Câmara Cascudo, recebeu o primeiro, fez entrega e foi consultada acerca de todos os nomes. Participou da exposição e inauguração na Galeria dos Fundadores, da pintura do seu pai, como Comendadora e membro do Conselho, na Casa da Fazenda do Morumbi, sede da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História.
Deu aula e entrevista na Faculdade de Teologia Umbandistica, São Paulo. Em novembro, Conferencista do Iº Congresso Nacional de Teologia Umbandista, na Faculdade de TEU, em São Paulo, SP.
Posse no dia 8 de novembro de 2008 como um dos Fundadores da Academia de Letras Jurídicas do Rio Grande do Norte, escolhida posteriormente como Oradora da Posse dos juristas Paulo Lopo Saraiva, Adilson Gurgel e Artunio Maux, em viagens internacionais quando os trinta e oito imortais em belíssima cerimônia, também se incorporaram à Academia de Letras Jurídicas Nacionais.
No dia 13 de março de 2009, autora da conferência/ apresentação da nova imortal da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras – após 75 anos em Natal – America Fernandes Rosado Maia, em sessão solene empossada em Mossoró, RN.
Autora de Ensaios de Abertura, Prefácios e Apresentações em 42 livros de autores locais e nacionais. Participante de diversas coletâneas literárias.
Foi de sua lavra o Ensaio de Abertura do Livro de Pesquisas “Cavalheiros do Céu”, de autoria de Rostand Medeiros e Ivo Nicolau, promoção da Fundação Rampa. O Volume, lançado na cidade do Natal e em Brasília, no Consulado da Itália, trata do vôo direto e heróico Roma/Touros, que consagrou a rota aérea potiguar no cenário internacional.
A propósito de tal resgate histórico, foi homenageada, com os autores e o Cel. Sendim, Presidente da Fundação Rampa, com uma visita ao IIº COMAR, na época sob a brilhante direção do Brigadeiro Telles. A visita constou da apresentação do Museu da Aeronáutica, de conferência na Colina dos Guararapes, e de apresentação sigilosa dos planos de desenvolvimento da aeronáutica no território norte-rio-grandense.
Hoje pertence ao Conselho da Fundação Rampa.
Medalha de Mérito Tamandaré, pelo Conselho da Ordem do Mérito Naval- Condecoração no dia 11 de dezembro de 2009, na Base Naval do Natal, III Distrito Naval.
Medalha de Mérito “Luís da Câmara Cascudo”, outorgada pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte, em dezembro de 2009.
Conferencista no Primeiro Encontro dos Escritores da Língua Portuguesa em Natal, nos dias 28, 29 e 30 de abril deste ano, no Teatro Alberto Maranhão, promoção da Prefeita da Cidade do Natal, Micarla de Souza, e do Presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes, Rodrigues Neto, com apoio do Ludovicus. “A participação intelectual de Câmara Cascudo nos países da língua portuguesa”, foi o assunto abordado.

Essencialmente uma conferencista, tanto sobre temas jurídicos quanto culturais. É casada com o engenheiro Camilo Barreto, tem três filhos e três netos. Foi testemunha da vida e hoje, com a família, é guardiã do acervo do pai, que conserva como tesouro. É Presidente do Instituto Câmara Cascudo – Ludovicus, que funciona das terças aos sábados, das nove às 17 horas, com agendamento de grupos pelos fones 3222-3293 e 3221-0131, na Avenida Câmara Cascudo, 377, Cidade Alta. Instituição que objetiva a preservação, divulgação e gerência do patrimônio cultural de Luís da Câmara Cascudo, principal nome intelectual do Estado do Rio Grande do Norte, e um dos mais completos intelectuais pátrios, funciona na casa em que Cascudo residiu por quarenta anos e produziu sua monumental obra. Nela estão coleções, acervo bibliográfico e documental. Curiosidades como as paredes autografadas da biblioteca, a preciosa pinacoteca, o mobiliário da época, a coleção de comendas, a lojinha de recordações, são algumas das atrações da casa, que testemunha uma vida dedicada ao saber e a cultura do Brasil.

(Pesquisado do Memorial do Ministério Público, RGN)
FONTE - SITE REBRA - REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS

CLEVANE PESSOA DE ARAÚJO LOPES

Nasceu em 16 de julho de 1947, filha de Lourival Pessoa da Silva e Terezinha do Menino Jesus da Silva. Escreve e l~e dese os três anos.O primeiro poema, aos nove.
Embaixadora universal da paz (Cercle Univ.de Les Embassadeurs de la Paix-Genebra, Suiça), poeta Honoris Causa pelo CBLP,para oito países Lusófonos, Patroness da AVSPE, Diretora Regional do inBrasCi (Instituto d Culturas Intrnacionais/Medalha de Mérito )em Belo Horizonte .Integra a Rede Catitu Cultural no Núcleo de Entrevistas, e faz revisões de projetos na mesma .Clevane Pessoa de Araújo Lopes é nordestina de S.José de Mipibu, RN, mora em Minas Gerais desde a infância, tendo retornado à capital mineira depois de dez anos no NE (S.Luiz, Maranhão) e N ( Belém,Pará).

Aos dezesseis/dezessete anos, foi a redatora chefe de Voz das Mil, jornal Literário do Colégio sagrado Coração de Jesus.Sua primeira resenha foi publicada na Revista da Presidência, em 1964. Depois, escreveu em jornais por onde passou.

É psicóloga, tendo estudado no CES em Juiz de Fora até ao oitavo período.Por motivo de enlace, com o engenheiro civil Eduardo Lopes da Silva, mudou-se para Belo Horizonte e concluiu o curso na FUMEC.

Escreve desde a infância e poesia a partir dos dez anos de idade.Palestrista, oficineira, em temas literários ou de psicologia, é desenhista e gosta da beleza-em todas as suas fontes vertentes. Cônsul Poeta Del Mundo, Embaixadora Universal da Paz (Cercle Univ.de Les Ambassadeurs de la Paix-Genebra, Suiça) ; Poeta Honoris Causa pelo CBLP,para oito países Lusófonos , Patroness da AVSPE ; Diretora regional do inBrasCi (Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais) em Belo Horizonte,integra a rede Catitu” na “Núcleo de Entrevistas Clevane Pessoa entre Pessoas,é Representante do Movimento Cultural aBrace (Uruguai Brasil), na capital mineira e é Delegada da ALPAS XXI por MG e Bahia. Presidiu, a convite do fundador da UBT , Luiz Otávio, a seção de Juiz de fora, MG, nos Anos 60, onde também foi empossada no NUME, Núcleo Mineiro de Escritores, após receber seu primeiro prêmio Literário (primeiro lugar de crônica, Troféu Domervilly Nóbrega, ) Pertence à Academia de Trovas do RN desde 1968 e a outras Academias Literárias , na qualidade de Membro Correspondente (*).

Até aposentar-se, trabalhou na Casa da Crinaça e do Adolescente do HJK, que fundou e coordenou (SAISCA-Serviço de Atendimento Integral ao Adolescente, seu projeto criado em S.Luiz Maranhão , encampado pelo Ministério da Saúde, tornado OS a posteriori) e levado a Belém , Pará, de 1996 a 1990, quando retornou a BH/MG).Esse projeto, alcança Poesia e Artes, crianças, adolescentes e família, além de atendimento à saúde.

Em 1993, participa intensamente, pelo HJK, com a seção de Psicologia, da organização do Congresso Internacional L’espoir sem Frontiers(Esperança Sem Fronteiras).No evento, desenvolveu uma oficina sobre família e participou de mesas.

Representou a então Deputada Estadual Elaine Matozinho, proferindo palestra no tema, do Simpósio sobre Adoção Internacional (Lions/Rotary ), discorrendo sobre sua experiência profissional sobre as relações Mãe/filhos e sua consequências.

Nos anos 90,discorreu em temas livres de congressos, sobre adolescência, família, mulher, sexualidade (resumos nos anais dos congressos), realizou trabalhos e oficinas, com idosos, adolescentes, crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais, diabéticos, cardiopatas, obesos , educadores.Desenvolveu, na casa Abrigo sempre Viva, um trabalho de recuperação da autoestima ,com mulheres vitimizadas e /ou ameaçadas de morte,com seus filhos, em endereço secreto, então, a convite da delegada da Mulher (Dra Elaine Matozinhos-Delegacia especializada em Crimes Contra a Mulher)

Foi redatora no Jornais Gazeta Comercial (Coluna “Clevane Comenta”, cadernos de domingo “Ribalta Lítero-Artística”, gente, Letras e Artes, esta em co-edição com Messias da Rocha) .Foi co-proprietária e editora de Artes e Literatura do tablóide URGENTE.Publicou poemas , crônicas e artigos em vaios jornais.Foi editora da página “Mulher”, no Jorna Visconde de Rio Branco.participou das nas revistas “Tamaulipas”, de Tampico, México, Anos 60) “O LINCE”-Juiz de Fora,”Estalo, a revista”, em Belo Horizonte, escreveu a convite, ensaio sobre a dança no Caderno de Dança da Companhia de Dança Contemporânea,de Évora, Portugal.Escreve na revista literária do aBrace, do qual é representante.Tem ainda poemas nas revistas contemporâneas Guatá, Caderno Literário da editora Pragmatha, do Mural dos Escritores(virtual)

Tem artigos científicos em co participação no Jornal de Pediatria e outros.

Atualmente, em 2010, está na revista LOGOS, a convite do Editor KIKO KONSULIN(S.Luiz-MA), com poemas (no prelo)

No jornal da TV Bandeirantes (BAND/MG), foi comentarista de comportamento.Âncoras:Fernando e Paulo.participou, como entrevistada, em vários programas de Tv e rádio

Foi responsável pelo tema Metodologia Participativa com Crianças e Adolescentes, na aula inaugural do projeto Vida, Saúde Alegria, (CECIP/KELLOG) , pela revisão dos manuais, e responsável pela gravação de 48 horas de oficina com adolescentes, cuja fala foi transformada em esquetes teatrais para vídeos-Rio de Janeiro, 1993, distribuídos em kitspara os educadores.

No VI Congresso de adolescência (BH/MG)_, teve seu jogral Adolescendo Adolescer, no bojo do espetáculo BOLA DE CRISTAL, da maestrina Volga-S.Luiz/MA,trazido em sua homenagem.No mesmo, teve seis temas livres sobre incesto e estupro(palestra), pichação, mães adolescentes, etc, e secretariou mesas.

Foi coordenadora, com a Dra Maria da Conceição de Oliveira Costa , do projeto Saúde em Comunidade , no projeto Emaús, em Belém , Pará, nos Anos 90 e Liderança e Protagonismo na Adolescência.

É co-autora , no compêndio Adolescência, Aspectos Clínicos e Psicossociais (Edit.ARTE MED-RS), coordenado pelos Drs Maria da conceição de Oliveira Costa (BA) e Ronald Pagnocelli(RS) ,nos capítulos de Sexualidade e Educação Sexual do Adolescente.

Em 08 de março de 2002, recebeu placa da Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais, na qualidade de “Presença feminina nos mais diversos ramos de atividade/ promessa de um mundo melhor”)

Em 2004, participa com oficinas, do Seminário sobre Violência contra a criança e o adoelscente, pela OIT(Organização Internacional do trabalho), NEPPA(Núcleo de Pesquisa em Adolescência) e Universidade Estadual de Feira de Santana (BA), para oficiais-policiais rodoviários-profissionais de saúde, delegacia de polícia , estagiários,etc, a convite da Dra.Conceição de Oliveira Costa.

Recebe vários prêmios literários em certames.Em 2009, é primeiro lugar no Festival de Inverno Ouro Preto/Mariana, com o poema O Chão de Minha Terra.

Nos XXIII Jogos Florais do Algarve ,Portugal recebeu o Prêmio Ex-Aequo, primeiro lugar de conto livre, com o conto “O Labirinto Negro”, onde mostra o trabalho artesanal das labirinteiras nordestinas, em uma trama de amor.

Em maio 2009 , tomou posse na ALB( Academia de Letras do Brasil), quando foi homenageada, recebendo então, o título de “Doutora Honoris Causa em Filosofia Universal/PH.I-Filósofa Imortal “Honoris causa, em reconhecimento à sua Pordução Univérsica Filósofo /Literária de efeitos e repercussões internacionais “, pela CONALB (Conselho Nacional das Academias de Letras do Brasil e Academia de Letras do Brasil”, concedido pelo Presidente Dr.Mhário Carabajal.Na ABL/ Mariana(cidade primaz), ocupa a cadeira número 11, Jornalista Laís Corrêa de Araújo, fazendo parte dos doze primeiros acadêmicos empossados.

Em 2007, recebeu Troféu do Movimento Cultural aBrace (Brasil/Uruguai), pelos 50 anos de Poesia, quando fz preleção pela Poesia e Poetas, em Montevidéu e lançou seu livros de contos Mulheres de sal Água e Afins/Edit.Urbana);Em 2009, recebe o maior prêmio aBrace, o troféu criado pelo escultor uruguaio, Daniel Tabaré Gonella .Clevane Pessoa escreve na revista literária do MC aBrace e é sua representante na capital mineira.

Em 2007, no evento Poesia é Ouro , lança livro de contos e comemora os 50 anos de poeta-Centro Cultural Belo Horizonte-

Ainda em 2007, recebe a Medalha de Ouro do InBrasCi , diploma de mérito da entidade e da Aldrava Letras e Artes, na mesma data em que é agraciada com a maior honraria da Câmara municipal de Belo Horizonte,o Grande colar de Mérito, tendo sido patrono, Oscar Niemeyer...

Em 2008, a ONG Associação Arte Pela Paz, concede-lhe , em 25 de outubro, destaque e certificado “por sua contribuição na busca por uma Belo Horizonte mais justa e pacífica”

Em 2009, recebe, no mesmo “BH na PAZ”, mega evento, um troféu, pelo grupo Poetas Pela Poesia e Pela Paz, pelo evento anual que realizam, PAZ E POESIA.

Em 2009, realiza recital nas Terças Poéticas do Palácio das Artes(curadoria de Wilmar Silva/coop com o Suplemento Literáriode MG) e estará presente no livro anual do mesmo, a sair em julho 2010.

E, novembro de 2009, toma posse na Academia Feminina de Letras, AFEMIL, um ano depois de votada para a cadeira 05-Cecília Meireles, proferindo discurso sobre a Patrona.

Também em 2009, é convidada pela Associação Mineira de Imprensa para consultora de Artes.

Nos Anos 60/70,foi nomeada Delegada Ad Honoren," com todas as honras de representação distinguida", do Instituto de Cultura Americana,registro 5041-França, Paris, UNESCO, pela filial do Uruguai e da ARIEL (Associação de Livres Pensadores), pela filial de Portugal.Graças a esse dois últimos cargos, forneceu cartas de apresentação a artistas e poetas brasileiros,que dessa forma, escaparam da Ditadura Militar e puderam sair do País.

É mãe de Cleanton Alessandro (Allez Pessoa, contrabaixista e desenhista e Gabriel (massoterapeuta),viúva do Engenheiro Civil Eduardo Lopes da Silva, nascido em Natal, RN. Clevane Pessoa entre Pessoas,é Representante do Movimento Cultural aBrace (Uruguai Brasil), na capital mineira e é Delegada da ALPAS XXI por MG e Bahia.Pertence à Academia de Trovas do RN desde 1968 e a outras academias literárias , na qualidade de Membro

(*) Pertence , como Acadêmica Correspondente, por convite, à ADL (Academia Dorense de Letras),ÀANELCARTES(Neves, MG) depois de haver sido premiada em certames literários (Conto, Poesia moderna) e proferido conferência sobre Carlos Drummond de Andrade) em Boa Esperança-MG.À ALI (Academia de Letras de Itajubá,Sul de Minas, onde estudou, mas ainda não foi empossada ), à ALTO, (Academia de Letras de Teófilo Otoni- Norte de MG) ,à Academia Cachoeirense de Letras ; à ATRN-desde 1968 .
Pertence ainda à Associação dos Poetas Vivos e Afins (RN).

Em 2009, lança O Sono das Fadas e Erotíssima (selo catitu/Halt), na Bienal do livro do Rio de Janeiro.Editor:Poeta Marco Llobus/Rede Catitu e Cláudio Márcio Barbosa.

Ilustrou “Cem Trovas de Juiz de Fora(Concurso Rádio Industrial, programa Contraponto), premiação no Vice Consulado de Portugal, onde estudou Literatura Portuguesa cm Cleonice rainho.

Tem o Projeto POIETISA aprovado pela lei Municipal de Incentivo á Cultura de BH/MG, em parceria com LLobus-um livro álbum , de entrevistas, poemas e fotografias com mulheres poetas com mais de 50 anos.No prelo.
Revisa livros,faz resenhas, escreveu muitos prefácios e orelhas de livros.No momento, atualiza a antologia D”Versos, edição em prol do Alô Vida, coordenada por Cláudio Márcio Carbosa, para a qual, dez poetas doaram dez poemas.Seus retrartos, foram desenhados pelo premiado artista Wander Lara.
Mantém dez blogs de divulgação culturais, alguns específicos(por ex, para indígenas, para crianças, entrevistas,e tc)

É Representante da ALPAS XXI (RS).
É Vice Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL)-BH/MG
Na Internet, Acadêmica da AVBL (Academia Virtual Brasileira de Letras, Cadeira Lindolf Bell) e é Patroness da AVSPE (Academia Virtual sala dos Poetas e Escritores)
Pertence ainda ao VirArte do RS(Santa Maria) . Foi convidada pela Presidente Ieda Cavalleiro à CAPORI (Casa do Poeta RioGrandense do Sul), desde 2009.

Pertence ao MUNAP (Museu Nacional da Poesia)-pesquisadora e divulgadora.

No momento, sua mostra de desenhos e poemas, Graal Feminino Plural, está no centro Cultural S.Bernardo e em maio, estará no Centro Cultural Lagoa do Nado (Onde já fez v´paros recitais e oficina de trovas para crianças, a convit de Ricardo Evangelsta, coordenador dos saraus de poesia).A partir de março 2008, a mostra, com recital, vem circulando pelos centros culturais.A primeira porém, foi na galeria da Àrvore, espaço do MUNAP dentro do Parque Municipal Américo René Gianetti

É uma das poetas participantes da exposições da artista plástica Iara Abreu, com poemas no tema Aspectos Urbanos –que foi exposta várias vezes na capital mineira e convidada agora a apresentar-se em Portugal.

Livros publicados:

Poesia: Sombras Feitas de Luz (editora Plurarts);
Asas de Água (Editora Plurarts);
A Indiazinha e o Natal (Ed.Haruko);
Partes de Mim ( RGD Ed.)
Prosa: Mulheres de sal, Água e Afins – de Contos, em editora do Rio de Janeiro (Urbana) e Libergráfica Editora em Belo Horizonte.

Olhares, Teares,Saberes (selo edit.Popular-S.Luiz-MA)- lançado na Bienal do Livro/Rio
Erotíssima (Selo Catitu) -lançado na Bienal do do Livro /Rio

O Sono das Fadas(Selo Catitu),para crianças até 100 anos-Lançado na Bienal do Livro do Rio.

Nos Anos 80, na FUMEC, participou com poemas ilustrados e telas a óleo, da coletiva I Mostra de Arte da FUMEC-onde graduou-se em Psicologia .

Participou com 25 ilustrações, do “Original-Livro de Artistas”, do MUNAP(Museu Nacional da Poesia), no tema “A Forma do Pote vazio” .Coordenou o Projeto PP (Projeto Poesia no Pano)

Ilustrou, entre outros trabalhos :”Completa Ceia”-espetáculo Teatral de Rogerio Salgado (poemas), expo a bico de pena.Ilustrou ainda seu pp livro “Asas de Água e Mulheres de Sal, Água e Afins”.Ilustrou “Brincando de Representar”, de Virgilene Araújo(...)

Na Internet, mantém 19 (dezenove) e-books de ensaio, poesia, infantis, memórias etc. com download grátis e participa de várias antologias virtuais.

Alguns E-livros individuais :

Partes de Mim
Pássaros de Papel em Nuvens de Algodão (com José Geraldo Neres)
Nas Velas do Tempo(memórias de uma repórter na Ditadura)
História de Um pretinho.
Panapaná, Chuva de Trovas
Trovas, Pequenas Notáveis
Mix de Haikais e Poetrix
Orvalho (Haikais, sob o heterônomo HARUKO(Primavera em japonês)
Velhos Olhos, Novos Olhos
O fenômeno Literário Wilmar Silva (ensaio)
Com Olhos de Passarinho
Os Anjos de Milinha
O Sono das Fadas
Caminhares de Francesco (São Francisco de Assis
O Anjinho da Árvore

“Busco amigos verdadeiros, qual o mergulhador em águas profundas, busca a melhores ostras para achar a pérola.O que resta, pode ser lindo qual o abalon, o nácar,a madrepérola, mas jamais terá o mesmo valor” (Clevane Pessoa)

FONTE - SITE DA UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWSNEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWSNEWS
A SUA ENCICLOPÉDIA DIGITAL, COM 30 BLOGS E MAIS DE 2 MIL LINKS

Quem sou eu

Minha foto
ESTE É O 9º BLOG DO PORTAL OESTE NEWS, CRIADO PELO STPM DA RR PM JOTA MARIA, DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE